pastel portugues

Pastel Português

Se você deseja fazer uma deliciosa receita de pastel português, você está no lugar certo. Aqui vamos compartilhar uma das receitas portuguesas favoritas de todos os tempos – a famosa receita de pastel português!

Sempre que você pensa em pastel português, o que vem na sua cabeça?

Com a nossa receita, pode ter certeza que irá ter a experiência incrível de comer o pastel português como se tivesse em Portugal. Isso não é incrível?

Além de todos os deliciosos pratos de frutos do mar, tigelas de arroz temperados e infinitos copos de vinho, Portugal também abriga o arquiinimigo da sua dieta no período delicioso de férias: pastéis portugueses, mais conhecidos como pastéis de Belém. Pastéis, sim, no plural, porque é impossível você comer apenas um!

Estas deliciosas maravilhas da culinária portuguesa são perigosamente gostosas. Você pode pensar que isso não seria suficiente para te convencer, mas apenas se você nunca experimentou. Porque há algo viciante na combinação de creme caramelizado borbulhante e massa folhada marrom dourada.

Experimente um e você está viciado por toda a vida!

Origem do pastel português

É de comum acordo que os lugares onde o pastel português é mais popularizado é na cidade de Belém, nos arredores de Lisboa. Porém, de fato essa receita não originou de Belém, mais do Mosteiro dos Jerónimos, que foi onde nasceu essa famosa receita!

A versão abaixo oferece uma replica da receita que fica o mais próximo possível do original. Para um verdadeiro sabor clássico, sirva os pastéis quentes, polvilhados com canela. Optamos por trabalhar aqui a receita regida por massa folhada pré-fabricada, mas fazer o seu a partir do zero também é definitivamente uma opção!

Ingredientes

Como já foi dito antes, os pastéis portugueses são perigosamente deliciosos! Os famosos pasteis portugueses vêm de um pequeno mosteiro fora de Lisboa, mas esta receita leva você o mais perto possível do original autêntico.

Deixando bem claro, é claro, que essa receita se trata de uma sobremesa ponto porém, visto que é uma receita adaptável, é muito provável que você consiga fazer com que ela possa se passar por um bom lanche entre amigos.

Esta receita irá render doze deliciosos pastéis portugueses!

Você irá demorar cerca de trinta minutos até uma hora para poder fazer essa receita. Então é importante que você separe um tempo para fazer, visto que ela requer alguns cuidados e muita atenção, como qualquer outra receita. No final, você terá gostosos pastéis portugueses para se deliciar. Agora vamos, mão na massa!

  • Uma xícara de farinha de trigo
  • Um quarto de colher de chá de sal
  • Uma xícara e meia de leite integral
  • Uma xícara de açúcar branco
  • Uma xícara de água
  • Seis gemas grandes
  • Uma colher de chá de extrato de baunilha
  • Um pau de canela
  • Um limão, descasque apenas, corte em tiras
  • Uma caixa de folha de massa folhada
  • Canela em pó, opcional, para polvilhar por cima
  • Formas para pastel português

Modo de preparo

Pré-aqueça o forno em temperatura alta e unte levemente uma forma. Em uma panela, leve para ferver o açúcar, a água, o extrato de baunilha, as raspas de limão e o pau de canela. Cozinhe até começar a ferver. Resista ao desejo de mexer!

Separadamente, misture bem o leite, a farinha e o sal. Cozinhe em fogo médio, mexendo sempre, por cerca de 5 minutos ou até ficar bem combinado e o leite engrossar. Retire do fogo e deixe esfriar por dez minutos.

Depois de esfriar, bata as gemas junto da massa até ficar uma mistura homogênea Em seguida, adicione a calda de açúcar (primeiro remova o pau de canela) e misture até que tudo esteja bem combinado. Reserve em um jarro separado.

Enquanto isso, corte a folha de massa folhada em vários pedaços e coloque-os uns sobre os outros. Enrole firmemente as folhas, na horizontal, pelo lado mais curto. Em seguida, corte o tronco do tubo criado em vários pedaços pequenos de tamanho uniforme.

Após isso, coloque uma peça com várias folhas dispostas uma em cima da outra, em cada um dos fundos das formas. Mergulhando o polegar em água fria primeiro, pressione o polegar para baixo no fundo da massa e pressione para fora para formar um copo com a massa folhada.

Encha cada forma de massa com cerca de três quartos, até o topo, com creme. Coloque a bandeja com as formas no forno e asse até o creme começar a caramelizar e formar bolhas e a massa ficar dourada (aproximadamente dez à doze minutos.

Sirva quente, com açúcar em pó e canela em pó. Ambos opcionais, mas deliciosos!

Categorias